A Blogosfera Brasileira

O cérne da blogosfera tecnológica brasileira hoje está discutindo alguns pontos interessantes:

  1. Por que muitos blogueiros brasileiros de tecnologia não colocam link quando falam de assuntos relacionados a publicações nos blogs dos outros?
  2. Por que na blogosfera brasileira, blogueiros não respondem posts de outros blogueiros através dos blogs?
  3. Por que muitos blogueiros brasileiros não respondem e-mail ou comentários?
  4. O que motiva os autores de blogs recentes?
  5. É baixa a qualidade dos blogs técnicos brasileiros.

A discussão envolveu Henrique Costa, do Revolução Etc, o Leo Faoro, do 1/2 Bit, o do Contraditorium (blog que conheci esta semana, cujo autor desconheço quem seja) e, enfim, o pessoal do podcast Blogbits. E, provavelmente, outros blogs mais não citados aqui.

Apesar de não estar incluído neste cérne e de ter um híbrido (site/blog de tecnologia/arte), aqui segue minha opinião a respeito.

Faltam links

Da importância dos links, concordo plenamente. Não tenho visitado tanto blogs de tecnologia a ponto de notar falta de links (falta de links essa que muito me irrita em sites de notícias como o do Terra).

Quem vem de área acadêmica sabe que a bibliografia é importantíssima. É questão de etiqueta colocar link para os assuntos usados como base.

Resposta a Post com Post

Por que não se responde com freqüência usando posts também? Pois é... Uma boa pergunta... Acho que vou tentar reponder mais desta forma.

De qualquer maneira, há momentos em que o que se tem a dizer é muito pouco, bastando um comentário. Por outro lado, não há sentido em comentários de 10 parágrafos... Melhor posts...

Enfim, acho que tem-se que dosar estes casos. Mas que a resposta a post usando post é um recurso interessante e pouco usado (ao menos por mim), não resta dúvida.

Resposta a E-mails e Comentários

Todos querem a fórmula mágica pronta sem ter que aprender como fazê-la. E não é só na área de tecnologia não, infelizmente.

É um enorme bem social vocês atentarem para pedidos assim, de quem só quer o peixe pronto sem saber nada de pescaria e culinária (e sem querer pagar). e terem cuidado para não alimentar este ciclo vicioso.

Deixei de participar de algumas listas de discussão super-populadas porque toda semana aparecia alguém perguntando as mesmas coisas e sempre tinha gente respondendo as mesmas coisas...

Sobre não responder a comentários do próprio blog porque não leu, não sou a pessoa mais indicada para falar a respeito, especialmente por receber pouquíssimos comentários aqui. Mas convém filtrar e responder ao menos os de bom senso que deixem um questionamento válido.

Para e-mails, acho importante responder sempre. Se muita gente manda um código e diz "resolve pra mim", por que não bolar um texto padrão pra essas pessoas e responder sempre nesses casos? Não perde tanto tempo e quem mandou o e-mail vai saber que a mensagem chegou e ver porque não foi atendido. Afinal, ignorar não explica muita coisa...

Motivação

Ainda acho que muita gente faz blog só pra passar o tempo (raras vezes surge um bom) e para compartilhar conhecimento.

O retorno financeiro como objetivo final até de um blog - como citado no post do Blogbits - é algo lamentável. Claro que se pode tentar obter retorno financeiro de um blog, mas não ter isso como objetivo. Como disse o Caetano em Sampa, "da força da grana que ergue e destrói coisas belas".

Blogs de Baixa Qualidade

Conheço poucos blogs brasileiros de tecnologia (estrangeiros, menos ainda).

Reclamou-se nesses dias do que chamaram de reblog: ato de colocar só posts que saíram em outros cantos. Bom, acho que é válido também. É complicado querermos que todos os blogueiro se tornem profundos conhecedores de um determinado assunto, formadores de opinião e exímios redatores. Principalmente no momento em que se critica a falta do interesse pela leitura no brasileiro. Torna-se bastante contraditório isso.

Há quem prefira escrever ensaios filosóficos, outros notas comentadas, outros fast-food... E há quem goste de cada um desses tipos de escrita. Ademais, tal pode ser encarado como um passo inicial. Não se torna um expert formador de opinião da noite para o dia...

Conclusão

E o problema da blogosfera é o mesmo da sociedade, de modo geral: falta leitura. Falta interesse pela leitura. Não só de artigos técnicos, mas de textos que façam pensar.

Alguém sabe quando termina essa nova Idade das Trevas? Não peguei a programação na entrada...

Avalie: 
No votes yet

Comentar