Blogópolis #37

Illumiroom

Todos sabem como a Sony vai mal das pernas quando o assunto são videogames portáteis. O PSVita vem perdendo para o 3DS desde que nasceu e não há exatamente perspecitvas de melhora (exceto no otimismo da própria Sony). Então veio a notícia de que a NVidia iria lançar um videogame portátil com Android e capaz de rodar jogos do Steam. Imagine: todos os jogadores atuais que tem conta no Steam poderão comprar o portátil e continuar jogando seus jogos sem gastos adicionais (já que a Steam permite instalação em outra máquina)! Aí que a vaca vai mesmo pro brejo...

No mundo dos consoles, temos algumas outras turbulências para a empresa de Kratos. Primeiro, o Wii assustou. Assustou tanto que a Sony resolveu lançar um pirulito azul para evitar perder mercado para a Nintendo. Claro, com o tempo o medo passou e o Wii terminou quase sufocado pelos diversos títulos em alta definição para Playstation 3 e Xbox 360. Mas então veio o Wii U, com seu Game Pad, um controle que inclui uma tela sensível ao toque. De novo, o medo da Sony respondeu rápido: anunciaram que não era tão inovador assim, que o Playstation 3 poderia ser usado em conjunto com o PSVita para atingir o mesmo efeito. Quem eles querem enganar? Qual PSVita vai se integrar? O que é caro pra caramba e vende quase nada? Não bastasse isso, o Wii U tem mais poder gráfico que os consoles concorrentes atuais e, sim, a despeito do que a Sony diz, o Game Pad é inovador, trazendo muitas novas e incríveis possibilidades para os jogadores.

O tempo vai passar e o Wii U vai ganhar mercado. Não deve engolir a Sony, pelo menos não tão rápido, mas... Quem vem ali? Ah, a Steam! A Valve apresentou modelos de console de mesa para a boa Steam. A mesma tentação para os jogadores de PC... E o Android não para por aí. Já, já, chega o Ouya, projeto financiado (com louvor)  socialmente via Kickstarter. E com a promessa de ser totamente Free to Play.

A Sony esperneia, anuncia que o Playstation 4 está mais perto do que todos pensam, vende um prédio de 25 andares e...

Pois é, quem vai esmagar todo mundo na próxima geração não parece ser a Nintendo (mais uma vez) e eu não colocaria minhas fichas na Sony. Apesar de o Wii U ser meu sonho de consumo, o que acredito que vai dominar a próxima geração de games será o próximo Xbox (720?). Por quê? Vamos por partes.

Fato 1: o Kinect foi uma boa ideia. Teve seus defeitos e isso foi bom para eles poderem aperfeiçoar mais o produto. O fato de a base instalada não ser tão expressiva diminui os jogos feitos para ele. Ao que tudo indica, o próximo console da Microsoft virá com o Kinect já de fábrica. Imagine: a tecnologia agora melhorada e sem desculpas para que os fabricantes de jogos não a usem.

Fato 2: eis que surge o Illumiroom! Um projetor que age junto com o Kinect e projeta imagem no ambiente onde você está, aumentando ainda mais a imersão no jogo. Se o Wii U em alguns jogos permite que se jogue sem a TV, só com o Game Pad, o próximo console da Microsoft pode tornar isso possível com o Illumiroom. Como dizem mesmo? A Nintendo cria, a Microsoft melhora...

A próxima geração já chegou (com o Wii U), e logo logo o circo vai pegar fogo! Fiquemos de olho!

Há 3 anos, a turma de Zand andava por corredores montanhosos, se aproximando do fim de Escarlate.

Direto do @carlisson no Identica:

  • Vocês viram o tal Illumiroom? O próximo console da MS vai ser um monstro. Se não bastasse o kinect vir default... http://ur1.ca/chufp
  • Amanhã de manhã termina a enquete. Você já votou na próxima série do Bardo WS? http://ur1.ca/cdiym

Tirinhas, posts e podcasts dos últimos dias

Talco e Show - Como me sinto...
http://www.talcoeshow.com/2013/01/como-me-sinto.html

http://esbocais.com.br/mamu-le-fan/desapego/

http://www.umsabadoqualquer.com/1003-rpg/

http://www.pensadorlouco.com/2013/01/o-zumbi-zombie.html

http://mentirinhas.com.br/audazes-1/

http://capitaobrasil.com.br/capitao-brasil-056/

Avalie: 
No votes yet

Comentar