Agregadores e Feeds (rss)

Não, o rss entre parênteses no título desse artigo não é risos, mas Resumo de Site em RDF, em inglês. Mas pode chamar de feed que ele atende bem. ;-)

O Problema

Com o crescimento da Internet, vem também o aumento radical no número de sites de notícias (gerais ou específicas) que são relevantes para nós, pobres internautas. O que fazer? É desumano ter que visitar dezenas (ou até centenas) de sites por dia apenas para acompanhar as últimas novidades nas nossas áreas de interesse.

E mais! Chegaram os blogs! Você pode gostar de visitar dezenas de blogs, mas pouquíssimos deles serão atualizados diariamente. Se formos visitá-los todos os dias, perderemos a viagem diversas vezes, visitando sites que não foram atualizados. Isso até desistirmos de visitar alguns desses sites. Quando esses sites que desistimos de visitar forem finalmente atualizados, não saberemos tão cedo, afinal, desistimos de visitá-los!

A Solução

"RSS (RDF Site Summary), padrão definido pela W3C para agregamento de conteúdo. Serve como índice de alterações que ocorram em determinado site. Este sistema também é conhecido como Feeds." (de acordo com a Wikipedia)

Imagine cada site de notícias colocando um arquivinho mágico que tem as últimas novidades, em um formato bom para programas de computador. Agora imagine um programa similar a um leitor de e-mails, cuja função é sair coletando esses arquivinhos mágicos e mostrar a você quais as últimas notícias dos sites que você cadastrou nesse programa.

Ficção? Não! Esse tipo de programa existe! E já faz um bom tempo. A novidade é que hoje vários sites de notícias e serviços de blog brasileiros oferecem esse arquivinho mágico chamado de RSS ou feed. Hoje existem programas para isso, são os chamados agregadores de notícias. E existem de mais de um tipo!

Agregadores RSS

Há agregadores similares a programas de e-mail, como o Liferea, para o Sistema Operacional GNU/Linux. É o que eu uso. Veja:

Liferea

Na área à esquerda temos as fontes de notícias, na área direita, acima as notícias daquela fonte, e abaixo o resumo da notícia selecionada. Simples. Se você já usou um programa de e-mail não terá dificuldades. Pode-se configurar de quanto em quanto tempo é para o programa coletar os feeds para saber das novidades. As fontes que têm notícias ainda não lidas aparecem em negrito com o número de notícias pendentes entre parênteses. Isso facilita muuuito as coisas!

Agregadores Tipo programa de e-mail:

  • Akregator - para GNU/Linux;
  • Thunderbird - este excelente programa de e-mail (para Windows, GNU/Linux, Mac) também é um leitor de RSS;
  • Liferea - imagem acima. Para GNU/Linux;
  • Thinfeeder - em Java (Windows, GNU/Linux, Mac...).

Há também outros programas para feeds que são mais exóticos (mas algum deles pode ser muito útil para você, a depender das suas necessidades), como estes:

  • GNUSticker - agregador para GNOME (ambiente gráfico do GNU/Linux) que mostra as notícias na barra de tarefas, rolando. Entre no site e veja as imagens...
  • Lilina - agregador de notícias simples com interface web.
  • Raggle - um agregador de notícias para o modo texto (terminal), para GNU/Linux;
  • Sage - se você usa o Firefox, pode instalar esse agregador RSS que se integra ao navegador.
  • Yarssr - esse também é para GNU/Linux (ainda não conhece!? Tente o Kurumin!). Coloca um ícone na bandeja que cria uma estrutura de menus para as notícias. É complicado de descrever isso: veja as telas no site do projeto.

Aliás, o Firefox já oferece suporte nativo a RSS na forma de favoritos dinâmicos.

Ok, mas eu não gosto-de/quero/posso instalar programas. Estou fora dessa novidade? De jeito nenhum! Nesse caso ainda há salvação. Você pode utilizar um serviço gratuito de agregador de notícias por interface web! Conheço estes (não uso, só conheço):

  • Bloglines - serviço bem popular. Inicialmente em inglês, hoje em vários idiomas, incluindo português.
  • Rojo - serviço não tão popular quanto o Bloglines, mais novo. Em inglês.

Hora da Colheita!

Legal, agora você já pode ter seu próprio agregador de notícias. E agora? Vamos pegar as notícias!

Primeiro, uma dica:

  • Sempre que você entrar num site e ver uma imagem laranja com XML, RDF ou RSS (ou um link em um menu, com um desses três textos), o link dessa imagem será para:
    1. Um feed;
    2. Ou uma página explicando o que é feed. Esta sim, com link para o feed.

Esse endereço é o tal arquivinho mágico, que você precisa passar para o seu agregador de notícias (em uma opção como adicionar feed) para que seu programa saiba como se atualizar sobre o site.


Bem, é isso! Espero que aproveite esses poderes que a tecnologia lhe dá, de tornar a vida mais fácil e objetiva.

Avalie: 
Average: 2 (1 vote)

Comentar