Para o Bem de Todos Nós

Eles diziam que a guerra
Era por paz, necessária
Tudo seria provisório
Que era pro bem da nação

Nos prometiam futuro
Onde teríamos mais tempo
Mudando velhos costumes
Em uma nova nação

| Mas velhos generais
| Não mudam só assim

Pregavam tecnologia
Para os trabalhos braçais
Sem falar no desemprego
Só ganhos da evolução

Cobrando cada vez mais
Das especializações
Fizeram jaulas de ensino
Do todo, foi-se a visão


| Porém velhos feudais
| Não mudam só assim

Onde está o tempo livre que nos prometeram?
Onde está o lucro dessa tal evolução?
Está tudo tão errado, mas ninguém percebe
Onde está o que nos deram e onde está o chão?

-- Cárlisson Galdino

Gênero: 
Avalie: 
Average: 3.5 (2 votes)

Comentar