Escalando

Mas quanto que custa
U'a lança de justa
Sublime e robusta
Pro meu pelotão?

E quanto dinheiro
Me paga um arqueiro
De tiro certeiro
Perfeita visão?

E um grupo guerreiro
Exército inteiro
Armado e ligeiro
De espada e canhão?

Pois bem menos custa
A quem você assusta
Se uma causa injusta
For o seu brasão

-- Cárlisson Galdino

Avalie: 
No votes yet

Comentários

imagem de Pensador Louco

Fantástico, maravilhoso poema. Da ideologia à formação, da formação à impressão, da impressão à visão que todos temos sobre força, militarismo, opressão, governo e tirania, o texto nos leva a muita reflexão interessante. E está metricamente bom de ser ler. Parabéns, meu amigo. Sentia falta de passar por aqui. 8)

imagem de bardo

Salve Grande Pensador!

 

Muito obrigado por acompanhar as publicações. :-)

Essa poesia eu fiz como um papel de parede há alguns anos, mas não o encontrei mais. (o papel de parede era fraco, de qualquer forma, era apenas uma "ideia visual").

O preço é sempre relativo, o ruim é que hoje em dia sempre existem grandes grupos com capital de sobra pra promover "causas injustas".

Grande abraço!

Comentar