De Gato e Rato

Não suma no mundo, não vire a esquina
A noite começa se o dia termina
Não tenha essa pressa, não tenha essa pressa, não tenha essa pressa...

Não faça de conta que não me conhece
O que é importante a gente não esquece
Não seja arrogante, não seja arrogante, não seja arrogante!

Não vire sua cara, não se faça de besta
Não lembra de nada da última sexta?
Não seja metida, daqui a dois dias
Já pode ser tarde pra dizer que queria...

Mais!
Esse jogo de perseguição
Não te leva a lugar nenhum
Se insistir em fugir
Em fingir não querer
Paciência!
Eu tenho mais o que fazer

Não ria em deboche se no outro dia
Era outro o motivo pelo qual sorria
Guarda esse sorriso, guarda esse sorriso, guarda esse sorriso

Não esqueça nunca que eu dei uma chance
Você que não quis viver um romance
Que seja feliz, que seja feliz, que seja feliz...

Não quer mesmo nada, pois saia da pista
Se quiser sofrer não me perca de vista
Pedidos e choros, promessas, agrados
Não adiantarão quando já for tarde    de...

Mais!
Esse jogo de perseguição
Não te leva a lugar nenhum
Se insistir em fugir
Em fingir não querer
Paciência!
Eu tenho mais o que fazer

-- Cárlisson Galdino

AnexoTamanho
Audio icon bardo-degatoerato-20120626.mp32.03 MB
Gênero: 
Special: 
Avalie: 
No votes yet

Comentar