A Comunidade

Quem vem do fundo não precisa de tanto requinte
Queremos só o que nos leve onde queremos ir
Queremos o de bom trazido do século vinte
Que melhore, se torne rápido e nos faça rir

Você luta por ter objetos ao seu redor
Mas o poder não vem daquilo que temos na mão
Os milhares de livros que você sabe de cor
Jamais valerão nossa pequena compreensão

Nós não queremos os atalhos que você procura
Se é o caminho mais difícil o que nos engrandece
Se quão mais perto do estado da matéria pura
Mais caminhos que não vês o chão nos oferece

Nós não queremos nos vestir com o que está na moda
Em nós diversos, somos contra a massificação
E só pretendemos tentar reinventar a roda
Naqueles casos que você achará melhor não

(Clássico e simples: nossa única necessidade)

-- Cárlisson Galdino

Avalie: 
Average: 5 (2 votes)

Comentar