Cidade Morta

Ela caminhava todo dia pelas ruas da cidade morta
Como se esperasse que o Futuro abrisse a porta para ela viver

Ela caminhava todo dia pelas ruas da cidade morta
Como se esperasse o fim da chuva
Como se esperasse que isso um dia fosse acontecer

Mas a cidade não quer saber dela
Só quer crescer e esmagar seu coração

Ela caminhava todo dia pelas ruas da cidade morta
Entre carros que fingem que basta ser do ano, estar na moda

Ela caminhava todo dia pelas ruas da cidade morta
Com seus trapos, tanto frio
E sofria vendo o fim do mundo ao seu redor

Mas a cidade não quer saber dela
Só quer crescer e esmagar seu coração

Ela caminhava todo dia pelas ruas da cidade morta
Enquanto caminhar podia, enquanto havia esperança de tudo mudar

Ela caminhava todo dia pelas ruas da cidade morta
Hoje não está aqui mas, de milhões de cidadãos, quem se importa?

Pois a cidade não quis saber dela
Não sabia que só ela tinha a salvação

-- Cárlisson Galdino

Gênero: 
Special: 
Avalie: 
No votes yet

Comentar