Alegria em Lata

Dança, menina, que a vida é curta
Dança, menina, que a Noite furta
Teus sonhos, alegrias, teu futuro
Transformando o que é claro em escuro

Sorri, menina, que a vida ilude
Sorri, menina, que a juventude
Virará velhice, oh mundo ingrato!
Tua beleza estará só no retrato

Canta, menina, que a dor já vem
Canta, menina, e curte bem
Essa alegria em lata, iludida
Enquanto sabes tão pouco da vida

Engenho: 
Gênero: 
Avalie: 
Average: 5 (4 votes)

Comentar