Warning Zone #40 - A Resposta

Warning Zone #40 - A Resposta

Esta é uma longa história... Uma história sobre super heróis e super vilões, mas uma história diferente. Talvez você não saiba de nada do que está acontecendo (por onde tem andado nos últimos 39 meses?), se for este o caso, prepare-se para um resumo dos acontecimentos.

O Brasil é conhecido internacionalmente na área de desenvolvimento de tecnologia. Graças a um pólo tecnológico que abriga diversas empresas fortes, localizado em... Pernambuco? Não, não... São Paulo? Não! Em Stringtown! Uma grande cidade localizada no interior da imensa Bahia.

Dentre tantas empresas fortes, havia uma em especial que nos interessa, uma empresa pioneira ao tentar mesclar formas de vida a circuitos: a SysAtom Technology. Seu projeto AtionVir pretendia criar formas biológicas capazes de prevenir e corrigir circuitos defeituosos.

O projeto ia bem e o AtionVir já corrigia o primeiros circuitos. Só faltava um passo importante para uma forma de vida: replicação.

Quando os funcionários da SysAtom Technology se preparavam para um novo teste de uma nova versão do AtionVir, uma tragédia ocorre, que termina levando o prédio da empresa abaixo.

Os funcionários que estavam presentes, bem como o chefe, sobrevivem ao acidente e se descobrem infectados pelo AtionVir. Estranhamente, ao invés de morrerem eles adquirem super poderes (ei, isso é uma história de super-heróis! O que você esperava?).

O chefe Oliver se torna um homem monstruoso inteiramente metálico e adota como novo nome Tungstênio, Ele reune três funcionários da empresa: Louise, que se torna uma mulher aquosa e adota o nome Seamonkey; Arsen, que ganha um corpo enorme e monstruoso de pedras, adotando o nome Montanha; e Valdid, que vira uma besta peluda humanoide e gigante, com cabeça bovina e chifres, que adota o nome de... Bem, ele adota vários nomes. Volta e meia surge com um nome novo. O mais recente é Biotanque.

O Grupo SATAV (como bem disse Montanha: “SysAtom Technology AtionVir, dã!”) é formado pelos quatro, com o objetivo de dominar o mundo! (como diria Seamonkey: “??”). Para confrontar o grupo, que depois adotou como nome Grupo Satã, sobraram apenas o casal Pandora Vardamir e Darrel Dylan, antigos funcionários da SysAtom.

Pandora adquiriu poderes elétricos e uma voz metalizada, enquanto os poderes de Darrel são um mistério. Até o momento ele tem utilizado algo que se assemelha a um teletransporte. Os dois foram também os únicos da empresa que sofreram com o AtionVir, mas não sofreram deformações visíveis em seus corpos. Pandora adotou o codinome Stormdancer, enquanto Darrel escolheu ser o Cigano, embora prefira ser tratado ainda como Darrel.

Quando o grupo estava em situação de perigo, um novo aventureiro apareceu para auxiliar: Fernando Xion Júnior, conhecido como Júnior, antigo estagiário da SysAtom Technology. Praticante de esgrima e sem super-poderes, ele adota o codinome xFencer e se une a Pandora e Darrel na luta contra o Grupo Satã.

No episódio anterior, o trio de heróis parte para a base do Grupo Satã em uma ação surpresa, mas eles próprios ficam surpresos ao ver o cerco policial.

Chegando na base propriamente, eles descobrem que o exército está atacando a base e o grupo está lá fora em guerra.

Antes que mais informações pudessem ser assimiladas, Pandora é atingida por uma bala perdida e eles partem imediatamente daquele lugar.

Na verdade Biotanque não participou do confronto, visto que pode ser ferido por balas. Ele preferiu ficar na base para não se arriscar.

Biotanque: Quê, véi? Nada a ver! Alguém tinha que ficar pra tomar conta do QG, né não?

Tungstênio: Pronto? Terminou a narração?

É, acho que sim.

Tungstênio: Que narraçãozinha demorada dessa vez, hein? Tá, vamos ao que interessa. Estamos todos reunidos aqui porque...

Biotanque: E ele nem disse que a gente derrotou o exército! Mermão, o Exército!?

Seamonkey: Verdade. Vai ver é porque não aconteceu no episódio anterior, não é?

Montanha: E daí, sua burra! Era uma retrospectiva da história, não do episódio anterior!

Tungstênio: Vão começar a discutir de novo?

Montanha: Aliás, a retrospectiva sozinha já deve ter ficado bem maior que o episódio anterior!

Biotanque: Tá, gente, bora prestar atenção? A chefia quer falar...

Montanha: …

Seamonkey: …

Tungstênio: Obrigado. Como ia dizendo, tenho um novo plano aqui para o nosso grupo. Para começar, devo lembrar que nosso plano inicial era de dominação mundial somente, não é?

Montanha: Com certeza.

Tungstênio: Pois é, era só isso! Não tinha nada a ver com o Governo. Eu simplesmente não mandei eles se meterem e mandarem o Exército vir até aqui. Agora a coisa muda. Eles estão pedindo guerra e nós vamos começar uma.

Biotanque: A gente vai pra Brasília explodir tudo lá?

Tungstênio: Ainda não. Vamos sequestrar o Prefeito de Stringtown.

Montanha: …

Biotanque: …

Seamonkey: Nada a ver.

Tungstênio: Como?

Seamonkey: Exército não tem nada a ver com o Governo Municipal.

Tungstênio: Eu não pedi sua opinião, Seamokey. Está determinado que faremos isso.

Montanha: Toma!

Tungstênio: Por duas razões: primeiro que eles precisam aprender do que somos capazes, segundo porque eles podem querer nos atacar de novo a qualquer momento e não farão isso se tivermos um refém importante.

Biotanque: Legal, e quando a gente vai?

Tungstênio: Agora mesmo.

P. S.: Publicado inicialmente na Revista Espírito Livre #40.

Avalie: 
No votes yet

Comentar