Warning Zone #35 - O Doutor do Futuro

Warning Zone #35 - O Doutor do Futuro

Após saírem utilizando suas novas motos Killacycle, Pandora e Darrel terminam sendo derrotados pelo Grupo SATÃ. Enquanto Tungstênio discutia com os demais sobre o que fazer exatamente com os prisioneiros, eles são resgatados por um novo personagem: Júnior, o estagiário, que aparece em traje de esgrima e adota o codinome xFencer.

No episódio anterior, Tungstênio apresenta ao grupo os novos planos que os levarão à desejada dominação global.

Tungstênio: Realmente, Seamonkey... Vamos amadurecer mais essa ideia. Quero que vocês dêem uma volta por aí pra pensar a respeito.

Seamonkey: Como é que é !?

Enxofre: Pô, chefe... Isso é hora da gente sair?

Tungstênio: Vão que estou mandando! Eu vou descansar um pouco!

Montanha: Vamos indo...

Ele arrasta os outros dois para fora da base.

Enxofre: Véi... Que ideia maluca é essa? Isso é hora de a gente sair?

Montanha: Está com medo de ser assaltado?

Enxofre: É mesmo, né? Quem que ia assaltar a gente? Hahaha!

Seamonkey: Tenho sentido falta de uma coisa.

Montanha: De quê? Deixa eu te pegar que mato a sua saudade.

Enxofre: Haha!

Seamonkey: Não, verme. Nunca quis nada com você antes! Pra que ia querer agora? Não sou litófila.

Enxofre: É o quê!?

Seamonkey: Quem tem tara por pedra.

Enxofre: Oxe, e existe isso?

Seamonkey: Aerolito não é pedra do espaço?

Enxofre: É?

Montanha: Você vai se arrepender por ter falado isso.

Seamonkey: Está magoada, britinha? Vá se lascar!

Enxofre: Ei, deixa o cara pra lá... Cê tava falando que sentia falta de quê?

Seamonkey: Notícias. Estamos fazendo muita coisa grande e não sabemos de nada do que tá acontecendo no mundo.

Enxofre: É mermo... Será que a gente já tá no YouTube? Se desse pra usar computador...

Seamonkey: Podem estar armando uma pra pegar a gente.

Enxofre: Quem? O Cigano?!

Seamonkey: Também, mas estou pensando na polícia, exército, sei lá.

Enxofre: Cacete! Né que é?! Hmmm... Bora ver se a gente pega algum jornal nessas firmas!

Seamonkey: Está escuro...

Enxofre: Bora assim mesmo!

Eles param diante dos portões de uma empresa de segurança.

Enxofre: Tá ouvindo alguma coisa?

Seamnokey: Parece uma televisão ligada!

Montanha: Que apropriado! Só falta a gente chegar na hora do noticiário falando da gente.

Enxofre: Bora nessa!

Eles chegam e realmente está passando o noticiário na TV.

Montanha: Eu não falei!?

Enxofre e Seamonkey: Quieto!

Enxofre: E esse café aqui no copinho?

Seamonkey: Tá quente! O segurança deve ter fugido.

Enxofre: É, o cara picou a mula!

Repórter: ...Stringtown esta tarde. Dênis Jakobson recebeu o Prêmio Mente da Ciência 2011 com sua obra Impactos da Tecnologia na vida cotidiana pelos próximos 20 anos. Doutor Jakobson, em que consiste sua pesquisa? Fale um pouco para os espectadores a respeito.

Jakobson: Na verdade, é um trabalho que venho conduzindo há 5 anos com um grupo de pesquisa na UFBA – Campus de Stringtown. Através de um estudo das tecnologias existentes e das que ainda estão sendo planejadas, nós traçamos uma previsão, com auxílio de softwares desenvolvidos por lá mesmo.

Repórter: E as previsões são boas?

Jakobson: Nós prevemos que nos próximos 3 anos começarão a aparecer alteradores pessoais de realidade, que trarão Realidade Aumentada ao ambiente empresarial, a princípio acrescentando informações relevantes aos trabalhos desempenhados, mas posteriormente terminarão sendo adotados para tornar lúdicas as atividades cansativas. Serão operários de fábrica que controlarão as máquinas enquanto se veem solucionando puzzles, por exemplo.

Repórter: Mas isso é fabuloso!

Jakobson: A princípio sim, mas muita coisa ainda vai acontecer a partir deste ponto. Em mais 3 anos a Realidade Aumentada será utilizada em quase toda a população.

Repórter: Só 3 anos!?

Jakobson: As tecnologias estão se impondo de uma forma muito rápida ultimamente. E essa solução trará mais produtividade para as empresas e mais satisfação aos seus funcionários. Dificilmente levará mais tempo que isso.

Repórter: Como o senhor, cidadão ilustre Stringtownense, se sente recebendo o prêmio?

Jakobson: É muito bom ter um trabalho científico reconhecido. Só não sei até que ponto o fato de nossa equipe ter por acaso acertado a previsão poderá ser considerado como algo positivo.

Repórter: Amanhã pela manhã, o doutor Dênis Jackobson será homenageado na Praça da Prefeitura pelo prefeito Steve Silva.

Seamonkey: Que droga! Acabou e nada da gente.

Enxofre: Hmmm... Sabe que eu tive uma ideia?

Seamonkey:Qual?

Enxofre: Poderíamos trazer esse cara pro nosso lado.

Montanha: Pra quê?

Enxofre: O cara é esperto, pô! Sabe o que vai acontecer no mundo em 20 anos! Só que ele não contava com a gente. Então se a gente trouxer ele pro nosso lado, ele pode prever tudo e como a gente vai agir pra gente dominar o mundo!

Montanha: Está louco? O chefe vai detestar essa ideia!

Enxofre: Ele queria ideias. Quando a gente voltar vou dar essa ideia pra ele.

-- Cárlisson Galdino

P. S.: Publicado inicialmente na Revista Espírito Livre #36.

Avalie: 
No votes yet

Comentar