Agenda Mundial #10 - Tablet pra Dois

Será que a curiosidade pode poupar o gato?

Agenda Mundial - Tablet pra Dois

Em casa, Claudia e Herbert se olham sentados no sofá. A dois passos, a mala aberta. Diante deles, o tal tablet que Claudia pegou em Salvador.

- Esse é o tablet?

- É.

- GWDHC... Que marca é essa?

- Não faço ideia.

- Já ligou?

- Já sim. Ligue pra ver.

- Vamos lá...

Herbert liga o dispositivo e espera atentamente a inicialização concluir. A imagem fora de sintonia se mexe, com partes se rearrumando enquanto a sintonia volta, aos poucos. Ao fim, lá está aquela foto de novo.

- Caramba... Era dele?

- Era. Você conhece?

- Não, mas apareceu na televisão que ele foi assassinado, não foi?

- Ai, Herbert, é disso que eu estou falando! Ele foi morto por causa disso! E quem matou queria que eu encontrasse um tal de Francis para entregar.

- Vamos ficar calmos, tá? Isso pode ser algo grande. Pode ter a ver com o Governo, já que estava com um político, não é? Tipo, pode ter a ver com a Ditadura ou algo como Wikileaks...

- Wikileaks...

“Se fosse wikileaks não estaria com um político, estaria? Ainda mais um antigo. Estaria com algum grupo que divulga as coisas. … Poderia ter sido roubado de alguma ONG pelo político, mas... E a foto dele? Não, isso é dele.”

- Acho que não, Herbert. E esse GWDHC?

- Pode ser um produto chinês. Você já viu as marcas que aparecem por aí? Cada uma mais estranha que a outra!

- É, eu pensei nisso também...

- Já tentou entrar?

- A gente devia entregar isso à polícia.

- Está maluca? E se esse Francis aparecer atrás dele?

- Hmmm...

- Vamos ver... 12345.

- O que está fazendo!? Tá doido?

- É uma senha comum de se usar!

- Pare com isso!

- Ah, não foi. Qual o partido dele mesmo?

- PSDB.

- Ah, você conhece?

- Pesquisei um pouco sobre ele, mas...

- Não foi também.

- Para com isso! E se bloquear?

- O que acontece? Nada demais ué! A gente já tá lascado mesmo!

Os dois se olham com cara de espanto e logo sorriem.

- Tá, tudo bem. Vamos pesquisar sobre ele. - Claudia se levanta e é seguida pelo namorado até o computador.

 

- Pelo menos tem algo bom: até agora ainda não bloqueou.

- É verdade.

- Ele era do PFL e foi para o PSDB. A senha não é nenhum dos dois partidos.

- Podemos começar a usar números que ele usou em campanha.

- Vamos ver se descobrimos.

 

- Foi!

“O primeiro número de candidato que ele usou, seguido do partido atual, separado por exclamação.”

A tela abre mostrando alguns ícones. Há um aplicativo “Notes”, uma... Calculadora? No final dos aplicativos há cinco arquivos. Devem ser arquivos, já que o ícone dos cinco é o mesmo. Os nomes, porém, são códigos estranhos.

- Vírus?

– Arquivos.

- E por que os quatro estão com o nome assim?

- Quatro?

Herbert aponta para o primeiro deles. Está escrito “Água”.

Os dois olham com um frio na barriga. No fundo da tela, o ícone da GWDHC como marca d’água.

Avalie: 
Average: 5 (1 vote)

Comentar