Internet Screen Saver

Um mundo completo de possibilidades ao alcance do mouse. Poder estudar, conversar, fazer compras, pagar suas contas sem sair de casa. Um mundo de facilitades e... Espera um pouco. Isso não está bonito demais para ser verdade?

É, há tempos que a Internet é vendida como um mundo cheio de facilidades, e a informática é vendida como algo fácil. Mas por trás da ilha tropical paradisíaca que as companhias apresentam se esconde uma outra realidade. As facilidades existem? Sim, existem. Mas as empresas sempre se esquecem de citar as notas de rodapé da Internet: há riscos.

Vejo a Internet como uma reprodução, de certo modo, do mundo real em que vivemos. É uma forma meio imprecisa de se ver a Internet, mas é uma forma. Muitas coisas mudam, mas a essência permanece: há pessoas, serviços, artigos, bibliotecas, lojas... Mas assim como se reproduzem algumas virtudes deste mundo real (e se somam outras), também se reproduzem os defeitos. E assim, na Internet há também gente mal-intencionada, malfeitores.

Chega a ser ingênuo imaginar que na Internet todos se tornarão pessoas íntegras, simplesmente pelo fato de estarem on-line. É isso o que se prega nas entrelinhas por aí. É nisso que as pessoas acabam acreditando, por terem visto uma imagem tão boazinha da Grande Rede Mundial.

Alheio a essa imagem, surgem cada vez mais fraudes digitais. E-mails que são enviados em nome de outras pessoas ou empresas... Sites de banco falsos que são postos no ar para pegar os dados dos clientes... Sites de lojas que não existem, mas "vendem" seus produtos a preços tentadores... Tudo isso tem acontecido ultimamente e muitas pessoas têm caído nos cada vez mais comuns "Contos do Vigário".

Não quero com isso dizer que a Internet não presta e devemos fugir dela: tento apenas alertá-lo dos perigos. Jamais acredite em um e-mail que peça informações, a menos que esteja esperando já pelo e-mail e a fonte pareça confiável. Verifique sempre o endereço das páginas onde entra. Preze por sua segurança e seja, acima de tudo, um pouco paranóico. Um pouco de paranóia não faz mal a ninguém.

O nosso mundo real tem muita gente mal-intencionada, mas como estamos nele desde pequenos, terminamos aprendendo a lidar com isso. Falta só que se perceba que as pessoas do mundo virtual são as mesmas do mundo real. Estar on-line não muda seus sonhos, suas virtudes, seus defeitos, nem seu caráter.

Special: 

Páginas