Amanhecer Literal

Ainda estava amanhecendo. O Sol batia na janela e acordei com o barulho. Naquele quarto ainda pouco iluminado o Silêncio reinava. Levantei-me para começar o dia.

Caminhei até a cozinha, onde o Café da Manhã me esperava. Um Café forte com Macaxeira e Carne. Para não ser diferente, o Café mais uma vez ganhava de mim na quebra de braço. E após ter me alimentado e me achar disposto para enfrentar aquele longo dia, regressei ao quarto para me arrumar.

- Eis pois mas que droga! - Eis a tragédia! De tanto reinar, o Silêncio terminou por quebrar meu telefone celular...

Avalie: 
Average: 5 (1 vote)

Comentar